PUBLICIDADE TOP

Avião com 113 a bordo cai pouco depois da decolagem em Havana

Boeing 737 ia para Holguín; Equipes do Corpo de Bombeiros estão no local

Equipes trabalham em destroços de avião cubano – AFP

HAVANA — Um avião da companhia aérea Cubana de Aviación, com 113 passageiros e nove tripulantes a bordo, caiu nesta sexta-feira pouco depois de decolar do aeroporto internacional de Havana, entre a capital cubana e a cidade vizinha de Santiago de las Vegas, disseram várias fontes. De acordo com a estatal Agência Cubana de Notícias, o Boeing 737 ia para a cidade de Holguin, no leste do país, e caiu logo após a decolagem.

O avião caiu numa zona rural e parecia estar bastante queimado e danificado, com bombeiros jogando água nos restos fumegantes. Fontes oficiais do governo, incluindo o presidente Miguel Diaz Canes foram até o local, junto com um grande número de equipes de emergência médica e ambulâncias. Moradores da área rural disseram ter visto alguns sobreviventes sendo levados em ambulâncias. O avião foi alugado pela companhia, que desativou muitos aviões antigos nos últimos meses devido a problemas mecânicos.

Voo doméstico entre as cidades duraria 1h20 – Reproduçao / Google Maps

Uma espessa fumaça era vista perto do aeroporto, disseram as fontes. Imagens compartilhadas nas redes socias mostram a fumaça preta próxima ao aeroporto.

Holguin recebeu a Feira Internacional de Turismo de Cuba no ano passado. A cidade se destaca

— Vi uma coluna de fumaça negra no céu por volta das 11h30 da manhã — disse Ana González, que estava perto de Boyeros quando o acidente aconteceu.

Segundo declarações para a Prensa Latina do diretor do Transporte Aéreo de Cuba, Mercedes Vázquez, trata-se de um voo da companhia Damojh arrendado à Cubana de Aviación.

Segundo um representante da Damojh, da empresa mexicana Global Air, “ainda não há informações, estamos reunindo tudo para dar a informação correta”.

A embaixada mexicana em Cuba postou no Twitter que ativou os protocolos de emergência após o acidente.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *