ÚLTIMO MOMENTO: Israel mobilizou suas tropas de reserva para a fronteira com a Síria.

Israel mobilizou seus reservistas para a fronteira com a Síria antes de “movimentos incomuns das forças iranianas”

Após a retirada dos EUA do acordo nuclear com o Irã, as tropas israelenses foram colocadas em alerta máximo nas Colinas de Golã, em face de possíveis ataques inimigos

 

Israel está “altamente alerta para um ataque” e instruiu os moradores das Colinas de Golã a permanecerem vigilantes “depois de identificarem atividades irregulares pelas forças iranianas na Síria”, disse o Exército em um comunicado.

 

Israel está “altamente alerta para um ataque” e instruiu os moradores das Colinas de Golã a permanecerem vigilantes “depois de identificar a atividade irregular das forças iranianas na Síria”, disse o Exército em um comunicado.

 

“O Exército decidiu mudar as instruções para a proteção de civis nas Colinas de Golan e ordenou às autoridades locais que desbloqueiem e preparem os abrigos na área. O povo israelense deve estar atento às instruções que serão dadas pelas Forças de Defesa de Israel (IDF), se necessário “, disse a nota.

 

O IDF acrescentou que os reservistas foram mobilizados para a fronteira com a Síria, no norte de Israel, e que sistemas aéreos defensivos foram implantados.

 

 

 

O Exército “está preparado para vários cenários e adverte que qualquer agressão contra Israel receberá uma resposta severa”, concluiu o comunicado, segundo o The Jerusalem Post.

 

Essa manobra ocorre depois que os EUA anunciaram sua retirada do acordo nuclear com o Irã, após as acusações do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, de que Teerã está desenvolvendo um programa secreto para fabricar armas.

 

Netanyahu insistiu em numerosas ocasiões em que o Irã, que ele considera a maior ameaça para seu país, tenta se estabelecer na Síria, algo que ele assegurou que “não permitirá”.

 

Com informações da EFE – INFOBAE

 

O Exército “está preparado para vários cenários e adverte que qualquer agressão contra Israel receberá uma resposta severa”, concluiu o comunicado, segundo o The Jerusalem Post.

 

Essa manobra ocorre depois que os EUA anunciaram sua retirada do acordo nuclear com o Irã, após as acusações do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, de que Teerã está desenvolvendo um programa secreto para fabricar armas.

 

Netanyahu insistiu em numerosas ocasiões em que o Irã, que ele considera a maior ameaça para seu país, tenta se estabelecer na Síria, algo que ele assegurou que “não permitirá”.




One thought on “ÚLTIMO MOMENTO: Israel mobilizou suas tropas de reserva para a fronteira com a Síria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *